Com o objetivo de avaliar e propor diretrizes para a implementação da política de Assistência Social, a Prefeitura de Aracoiaba, por meio da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação e Conselho Municipal de Assistência Social, realizou na manhã da última quinta-feira (27), 05, a VIII Conferência Municipal de Assistência Social, O encontro foi realizado no Auditório da Secretaria de Educação.

Com o tema “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS”, que é o Sistema Único de Assistência Social, o encontro teve a participação de usuários, sociedade civil, servidores, conselhos, autoridades.

Durante o evento foram tratadas as diretrizes que tem por atribuição a avaliação da Política de Assistência Social para aprimoramento do SUAS. O tema da VIII Conferencia é composta por quatro eixos norteadores “A proteção social não atributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistenciais”, “Gestão democrática e controle social: o lugar da sociedade civil no SUAS”, “Acesso  às seguranças socioassistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda  como garantias de direitos socioassistenciais” e “A legislação como instrumento para uma gestão  de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciais”.

O secretário de Gabinete, João Paulo Ricardo, ao qual na oportunidade representava o prefeito Antônio Cláudio, destacou a importância de se fazer política pública para o desenvolvimento social: “As pessoas têm que ter a oportunidade para saírem da situação de vulnerabilidade social e evoluírem”.
A Secretária Valdenia Silveira, esclarceu o processo de trabalho elaborado pela Secretaria Municipal bem como a articulação realizada com os usuários, buscando atender as necessidades e carências da comunidade. Ela disse também que a Conferência tem um papel muito importante, pois é um momento de avaliação dos primeiros 10 anos da implantação do SUAS e também da elaboração de diretrizes que nortearão as políticas públicas pelo próximo decênio.